terça-feira, 2 de novembro de 2010

Se sorris quando ninguém está a ver...


... tem que ser por uma boa razão.
Mesmo que essa razão estremeça no temporal que se segue.
Ou apenas se dilua no silêncio.

2 comentários:

Luis Bento disse...

Mais que o silêncio, as suas palavras são de ouro...

je disse...

obrigada, Bento. palavras assim são platina para mim. Parabéns pelos teus dois anos de blogue!