domingo, 3 de outubro de 2010

Eu, a tipa que não liga a signos


Há dias foi-me solicitada uma pequena nota biográfica e eu, que tenho uma urticária antiga a currículos mais ou menos vitais, apenas conseguia lembrar-me a meu próprio respeito de que não gosto de usar saias.

No dia seguinte, nem por acaso - e devo avisar já que não acredito em coincidências, nem ligo pevas a signos... - mão amiga envia-me o meu perfil astrológico sacado de algures, acompanhado da seguinte nota: "Cuspida e escarrada!", vernáculo antigo que uso de forma recorrente, para grande desgosto de algumas pessoas mais sensíveis.

E, para meu confesso choque, lá estava euzinha, cuspida e escarrada letra por letra, como se estivesse a ver-me a um espelho, inclusive nos detalhes mais imodestos, ora que porra. Podia elaborar a respeito, abstenho-me. Opto por fazer copy paste. Pode ser que elucide alguém ou, a santinha virtual nos proteja e guarde, desencadeie um debate digno dos prós e contras...

"Existe dois tipos de sagitariana: as passivas e fracas que aceitam tudo sem levantar a cabeça, e as originais! Se o seu caso reporta ao primeiro, não perca tempo a ler este artigo. Caso contrário, saiba que nem sempre ela dirá o que você quer ouvir; na maioria das vezes, ela vai deixá-lo arrepiado com suas observações desconcertantes e francas. Mas, de vez em quando, dirá coisas tão maravilhosas que vão fazê-lo dançar de felicidade.
Ela talvez seja um pouco franca demais porque vê o mundo tal como ele é.
Ela não gosta de mentiras, e dificilmente alguma mulher Sagitário costuma mentir. E a gente tem que admitir que isso é uma óptima qualidade, não é?
As sagitarianas são muito independentes, e ambos os sexos mantêm uma certa distância aos laços familiares. Quando quiser que ela faça algo, peça-lhe: não tente mandar nela. A técnica dos homens das cavernas não funciona com esta mulher. Ela não nasceu para ser mandada, odeia ter que receber ordens e abomina todos os homens que tentam aprisioná-la. Ela gosta de ser protegida, mas não gosta de ser mandada. Se nem mesmo o seu pai consegue dominá-la, não vai ser qualquer um que vai achar que pode dar-lhe ordens!
A sagitariana não é de abrir mão da própria personalidade e da independência por homem algum. Deve ser por isso que – logo a seguir às mulheres do signo Aquário - representam o maior número de mulheres divorciadas!
Quanto mais nervosa fica, mais sarcástica e cínica se torna.
A sagitariana pode mandá-lo para o inferno com um grande sorriso nos lábios e ainda ridicularizá-lo na frente de todos, como se estivesse a divertir-se. Ela tem essa capacidade de torná-lo o bobo da corte, e ainda sair por cima como se nem tivesse sentido a força de suas ofensas.
Mas nem sempre ela será tão "amável" quando estiver realmente irritada... Enfrentar a raiva desta mulher não é pêra doce, acredite…
Como todo sagitariano (homem ou mulher), ela não é de fazer escândalos, mas se resolver fazê-lo é melhor esconder-se até a tempestade passar.
Afinal, não é prudente brigar com um signo que é metade gente, metade cavalo, e a metade humana ainda está armada!
Feliz daquele que tem a sorte de ter uma mulher deste signo como amiga. Ela alegrará as suas festas, será a sua melhor confidente e sempre estará ao seu lado quando todos os outros amigos tiverem abandonado o barco. Ela é tão generosa, paciente e atenciosa com todos os amigos, que seu telefone dificilmente fica muito tempo sem tocar. Se repararem bem, a maioria das sagitarianas recebem sempre telefonemas de amigos que nunca conseguem esquecê-las, mesmo que estejam distantes.
Ela é uma das poucas mulheres que costumam ter amigos de infância. Sim, eu disse amigos. Os mesmos que brincavam com ela na rua e que um dia perceberam que aquela menina “maria-rapaz” se tornou uma mulher.
Tentem reparar numa sagitariana a andar. Vejam como a maioria costuma andar com o nariz empinado, parecendo um cavalo puro-sangue.
Vejam como ela é uma mulher elegante e confiante, mesmo quando tropeça e derruba tudo pelo caminho! Sim, a coisa mais difícil de encontrar é uma sagitariana que não seja um pouco desajeitada.
Também costuma ter uma atitude um tanto displicente em relação a envolvimentos amorosos, o que pode levar algumas pessoas a achar que éuma mulher fria e insensível.
Puro engano! Ela emociona-se ao assistir a um filme triste e sonha consigo durante as noites em que estiver sozinha, mesmo que nunca confesse isso.
É possível que ela tenha guardado todos os bilhetes de amor que lhe escreveu, restos de flores que enviou e a primeira entrada do cinema a que foram juntos.
Mas não espere ver este seu tesouro tão cedo! A sagitariana não gosta de revelar seus segredos de amor. Deixá-lo ver esses segredos é assumir que está apaixonada. E ela odeia sentir-se fragilizada!
Se o romance acaba, por dentro ela pode estar triste, mas responderá com tanta inteligência e habilidade às perguntas dos amigos, que todos pensarão que tudo não passou de um simples namoro de Verão. Mal sabem como ela pode estar - e provavelmente estará - arrasada por dentro.
A idade realmente não importa quando o assunto é a sagitariana. Elas permanecem jovens mesmo quando envelhecem.
Adoram ser tratadas como meninas traquinas que não param num canto, sempre prontas a correr na rua com os rapazes! E é essa alegria de viver e esse eterno optimismo que enfeitiçam os homens de bom gosto! Nenhuma mulher é tão apaixonada pela vida quanto a sagitariana, e capaz de transmitir esse amor por todos os cantos por onde passa.
Estar ao seu lado é viver o bom humor e acreditar no futuro. Não importa que ela tenha milhões de amigos que ocupam grande parte do seu tempo, nem que passe o tempo todo a planear viagens ou sonhos que ainda quer realizar.
Amar uma mulher de Sagitário é recompensador e nunca é monótono. Não importa que ela não tenha aprendido a dizer o quanto ama - para ela, isso é difícil.
Quem já teve a felicidade de estar apaixonado por sagitarianas sabe que a melhor maneira que elas têm para demonstrar o que sentem é pela acção.
Nenhuma mulher beija tão bem ou irradia tanta vida e alegria quanto uma nativa deste signo que, após passar várias noites em claro, chega à conclusão que sente muito mais do que amizade por alguém! E, quando as setas do arqueiro penetram em nossos corações, não há magia no mundo que possa nos livrar do poder do amor de uma sagitariana!"

Pois...

7 comentários:

Peanut disse...

olha, não sei que te diga... mas gosto disto! e já agora, vais passar a ler o horóscopo ou precisas de mais para te renderes ao PODER DO ZODÍACO!!!

;)

je disse...

Never surrender! ;-)

Peanut disse...

pois... lá está. Está-te no (puro) sangue :)

Anónimo disse...

não diria melhor... chiça

beijos
ISabel

T. disse...

bom, a mim que também sou sagitariana, parece-me um belíssimo elogio ;-))))

CriandoPérolas disse...

Bolas!!! Duvido que dissesse mais se fosse escrito por ti própria...

je disse...

foi o que eu pensei: bolas! eheh