sexta-feira, 23 de abril de 2010

(Des) classificados


Andei entretida a espreitar os classificados mais ou menos amorosos das revistas tipo "Maria" - como as bolachas... E fiquei fascinada. “Criatura selvagem, na cabana dos 35, procura gata felina a fim de reconstruir cabana na zona de Vila do Conde. Gatas mais tímidas aceito mensagem”, diz um, garras de fora.

Outro deve ser das matemáticas. "Procuro senhora de raça negra, com altura entre 176 e 180 centímetros". Um máximo de quatro centímetros de amplitude! A isto se chama detalhe. Mas há detalhes para todos os gostos. Um certo senhor, casado, 37 anos, "deseja conhecer pitinha solteira". Outro procura "mulher de 40 anos que tenha a vida organizada". O Ruben, de 27 anos, quer meninas que "gostem de ser dominadas". Um auto-denominado "homem jovem" anda à caça de "mulher de grande poder económico".

Essa coisa do 'jovem' também é muito curiosa nestes anúncios. Um auto-designa-se como "jovem de 44 anos" e "procura lady séria". Também encontrei um "cavalheiro" de 50 anos "pobre, com pequeno snack bar", que "deseja senhorinha elegante".

E que dizer dos românticos que se põem com floreados? Um "cavalheiro quarentão", casado, “procura mulheres que, como eu [ele, claro], ainda gostem de ouvir os sinos a tocar e os pássaros a chilrear”. E a idade não explica tudo. O próximo anuncia-se como tendo 25 anos, um "príncipe do reino do Norte, com olhos cor de mar".

Também há os piadéticos e semi-piadéticos. "Rapaz desempregado no amor e farto de contratos a prazo com patroas desonestas. Quero patroa que me dê contrato efectivo no amor, em Setúbal." Ou "Minha cara senhora, se tem o peito muito grandão, ajude-me. Depois de experimentar tantas almofadas ortopédicas ainda tenho dores no pescoço".

Fascinam-me também os tipos que acenam com a sua própria angústia ou, em alternativa, que querem mulheres angustiadas. "Se o casamento e o amor também infernizaram a tua vida, deixa-me ser o ‘terapeuta’." Quê?! Certo Arlindo contabilista diz que "há momentos na vida em que sentimos um grande vazio existencial e depressivo". Claramente será o tipo ideal para fazer alguém feliz...

Tenho sono e tudo isto me parece absolutamente patético. Dou de caras ainda com este "senhor casado, bem apresentado e bonito" que procura senhoras até 45 anos. "Nota: só as que realmente sintam vontade de fazer amor."

E as que só tiverem vontade de cagar?

3 comentários:

Not a Lady disse...

essas ficam em casa delas.

Nota: isto é que foi rir! obrigada, pela selecção.

rodas disse...

As que cagarem não contam :)

Anónimo disse...

Eu sempre gostei dessa tua expressão "piadética"